Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Sinestesia



Fim do dia ou a melancolia?

Passo por entre pedras e folhas
Sem fazer barulho,
Me orgulho!
Sou fruto andante, porém, não obstante
Da correria e do caos, me embrulho
Em papéis e e rosas, gritante
Passo por entre casas e arbustos.
Sou simples, sou flor de laranjeira
Tem beleza e também cheira
Parece comum, mas não o ano todo
Rego e me recolho.
Não tem graça depois que passa
Dou risada de pilastra
Escultura ou monumento
Que perde a graça com o tempo
Se observo não entendo,
Se entendo não me prendo
Filosofia barata é o que me vendem
não tem lógica
Se é que me entendem!
Se devoro, não mastigo
Se mastigo, jogo fora
O sabor não tem beleza
Fim do dia ou a tristeza?

Nenhum comentário:

Postar um comentário